Escolha uma Página

Ecologia, Sustentabilidade, Agricultura

  • Incentivos e subsídios para a implementação de hortas comunitárias urbanas, preferencialmente em regiões com maior índice de vulnerabilidade social e existência de associações de moradores ou grupos comunitários organizados
  • Incentivo à educação ambiental não-formal e sua inserção como temática transversal presente no ensino formal, integrando os percursos pedagógicos das instituições de ensino
  • Fomento à prática da compostagem e às cooperativas de catadores e catadoras de materiais recicláveis; combate aos lixões, incineradoras e cartéis do lixo no estado
  • Combate à privatização dos parques estaduais e patrimônios naturais da população
  • Fiscalização e incentivo para que as compras institucionais do Estado e dos municípios respeitem o mínimo legal estabelecido de que 30% das compras do PNAE e PAA venham da agricultura familiar, preferencialmente orgânica e local.
  • Combate aos agrotóxicos a partir de regulamentações estaduais mais rígidas e fiscalização rigorosa. Contra o PL do Veneno (PL 6299/2002) e as pulverizações aéreas. A favor da PNARA (Política Nacional de Redução de uso de Agrotóxicos)
  • Fortalecimento de uma efetiva política de reforma agrária por meio do ITESP e do INCRA.
  • Em defesa das Políticas Nacional e Estadual de Agroecologia e Produção Orgânica (PNAPO e PEAPO)
  • Fortalecimento de uma política de extensão rural para produção orgânica e agroceológica de pequenos produtores por meio da atuação das universidades públicas e demais órgãos competentes.
  • Lutar pelo reconhecimento da natureza como um sujeito de direitos estabelecendo uma Política Estadual para o Bem Viver e os Direitos da Natureza.
  • Incentivo à pesquisa e experimentação com fontes renováveis e limpas de energia por meio de cartilhas, subsídios e divulgação

Participação Popular

  • Criação e manutenção de um mandato coletivo, com aproximadamente 35 representantes de diversos setores e movimentos sociais que se reunirão periodicamente, com poder deliberativo sobre as decisões do mandato.
  • Transparência do mandato e consulta permanente às bases.
  • Fortalecimento dos Conselhos Gestores e Orçamentos Participativos já existentes no estado.
  • Defesa do uso de referendos e plebiscitos para questões de grande interesse público
  • Defesa da utilização de mecanismos de participação online

Educação

  • Defender o papel da escola pública na educação, assim como a valorização do professor e de sua carreira (mais recursos do orçamento do estado para a educação, plano de carreira e elevação do piso salarial dos professores);
  • Respeito à diversidade étnica, racial, sexual e religiosa, com uma educação laica e baseada na tolerância;
  • Em defesa da educação pública de qualidade para toda população com implementação do CAQ e do CAQi (Custo Aluno Qualidade e Custo Aluno Qualidade Inicial)
  • Em defesa dos profissionais da educação e do reajuste de 10,15% para os professores e professoras da rede pública estadual
  • Propor diminuição do número de alunos por sala de aula, para 25 no ensino fundamental e 30 no ensino médio, assim como o fortalecimento de programas de alfabetização para jovens e adulto;
  • Reforma do sistema de ensino atualmente pautado no ensino disciplinar e autoritário visando um modelo de educação democrática e participativa, onde o aluno seja incentivado a buscar conhecimento de forma livre, apoiado por professores capacitados e preparados para esse tipo de educação libertadora.

Promoção dos direitos animais

  • Propor a construção e manutenção de hospitais veterinários estaduais e delegacias de proteção animal
  • Lutar contra projetos de leis que vunerabilizem os animais, como o que liberava o transporte internacional de animais vivos para abate
  • Denunciar e lutar contra violações dos direitos dos animais

Debates e ações sobre mobilidade urbana e inter-urbana

  • Promover encontros e debates para estimular a prática de deslocamento de pessoas e mercadorias através de modais alternativos ao veículo motorizado individual e ao transporte rodoviário de cargas;
  • Fortalecer a pauta da revitalização das malhas ferroviárias e hidroviárias estaduais
  • Estimular a prática de carona por meio de campanhas e metodologias organizativas
  • Investir em ciclovias e abrir o debate sobre a regulamentação do deslocamento via moto-táxi estadualmente

Promoção do Software Livre

  • Apresentar projeto de lei que obrigue a gestão pública estadual a fazer a transição para o uso de software livre em todos os órgão da administração estadual direta e indireta;
  • Promover eventos e campanhas estaduais de sensibilização com relação à importância desta temática;

Políticas públicas para mulheres

  • Formulação de programas de formação política para adoslescentes no ensino médio e fundamental ciclo II, com a finalidade de incentivar sua participação na política informal e institucional, como também nas disputas eleitorais de maneira mais igualitária;
  • fortalecimento das divisões de políticas públicas para mulheres, fomentando a adoção de metodologias de mapeamento das demandas paulistas em suas macrorregiões, estruturando, assim, as regionais de acordo com suas demandas;
  • fortalecimento das redes de acolhimento às mulheres vítimas de violência no estado, oferecendo equipamentos, profissionais qualificados e políticas de Assistência básica para promover maior índice de ruptura destas mulheres com seus círculos de dependência (psicológica e financeira) junto ao agressor;
  • formulação de programas educacionais de ressocialização de homens denunciados e condenados por violência (física, psicólica, sexual e patrimonial) contra a mulher, acompanhado pelos equipamentos de Saúde, Assistência e Segurança Pública do estado de São Paulo;
  • fortalecimento da DDM (Delagacia de Defesa da Mulher), visando alcançar um maior índice de registro de denúncia e prosseguimento com estas, como também de amparo às vítimas e encaminhamento dos acusados;
  • formulação de programas de educação sexual nos aparelhos de Saúde, Assistência e Educação a fim de orientar e informar adolescentes e jovens sobre a importância do consentimento nas relações sexuais, o respeito na esfera afetiva, como também a importância da prevenção com métodos contra-ceptivos para ISTs, HIV e gestações indesejadas.
  • fiscalização e garantia da realização dos procedimento de aborto em casos garantidos por lei (estupro, anaencefalia e gravidez ectópica), fortalecendo as poucas unidades que perfomar o procedimento pelo SUS como o hospital Pérola Byington, sendo este um dos maiores Centros de Referência da Saúde da Mulher no Brasil.